História do AIDS

História do AIDS

No Comment
Uncategorized

História do AIDS

O HIV é um vírus que ataca o sistema imunológico humano, eliminando-o e levando o organismo a sucumbir diante de uma série de outros vírus e bactérias que normalmente poderiam ser combatidos e vencidos.

Os primeiros casos foram conhecidos no início dos anos 80, e o seu surgimento súbito deu margem a muitas especulações sobre a origem do vírus. Como vivia-se ainda o período da Guerra Fria, foi levantada a hipótese de que tivesse “vazado”, acidental ou propositalmente, de um laboratório dedicado a produzir armas bacteriólogicas. Essa é uma hipótese remota, mas bem menos fantasiosa do que outras que pregavam que aquele era um castigo de Deus aos pecadores sodomitas, pois a população homossexual masculina foi a primeira a ser atingida. Na época, ela era a mais vulnerável, graças à novos comportamentos e liberdades que conquistara depois da “Revolução Sexual” dos anos sessenta (amor livre, sexo por prazer).

Todavia, a hipótese mais consistente aponta para uma mutação natural de um vírus presente em algumas espécies de macacos e que nunca ameaçara os humanos. De fato, o convívio concentrado e maciço de várias espécies diferentes, como humanos, aves e porcos no sudeste asiático, por exemplo, propicia que, por simples probabilidade (oferta de hospedeiros), mutações de vírus exclusivos daqueles animais tenham chance de passar a infectar também os humanos: vide a “gripe do frango”. A continuarem as grandes concentrações humanas, em condições precárias, como as citadas, pode-se esperar, para o futuro, surgimento de novos tipos de “hiv” e de “gripes” extremamente letais, como foi a Gripe Espanhola, em 1917, ou a Peste Negra, que dizimou um terço da população européia na Idade média. Esta última também chegou a Gênova em um navio vindo do sudeste da Ásia…

Deixe uma resposta